5 tendências em Cloud Computing para investir em 2021

Cloud Computing

O mundo está adotando o Cloud Computing cada vez mais. Para se ter uma ideia, só no Brasil, espera-se que este mercado alcance US$ 2,5 bilhões em investimentos até 2021, sendo que a tecnologia deverá estar em 94% das empresas nacionais, além de alcançar aproximadamente 30% das instituições públicas. 

Já em um cenário global, de acordo com um estudo realizado pela IDC, o mercado de Cloud Computing alcançou US$ 117 bilhões até o finalzinho de 2017.

É perceptível que o crescimento e a manutenção de um negócio depende da flexibilidade, da segurança dos dados e também da mobilidade. Não basta ter a melhor tecnologia em um ambiente físico, se isso não puder ser modificado de acordo com suas necessidades. Por isso, vale mais a pena investir no Cloud Computing. O simples fato de a tecnologia não demandar uma estrutura física na sua empresa já facilita bastante o trabalho, favorecendo o seu bolso e permitindo um alto grau de customização e escalabilidade.

Mas, e a partir de 2021? O que podemos esperar do mercado? Nós, da RGM, temos algumas ideias, baseado nos movimentos que as empresas brasileiras estão realizando em torno do Cloud Computing e da nossa larga experiência. Separamos 5 possibilidades para você se animar com a ideia de investir nessa tecnologia.

5 Tendências de Cloud Computing para você acompanhar e aderir

1 – Mais investimentos por parte das empresas

Conforme uma empresa amadurece o seu uso de Cloud Computing, vale a pena rever suas tecnologias, especialmente aplicativos e realizar manutenções e revitalizações, a fim de atender os novos padrões do mercado e fazer uso da estrutura em nuvem.

2 – SaaS

O Software SaaS se manterá como o maior segmento no mercado e seu crescimento é esperado para 117,7 mil milhões de dólares em 2021. Bastante dinheiro, não é?

3 – PaaS

Agora, segundo uma pesquisa do Gartner, os serviços de infraestrutura de aplicações (PaaS ou plataforma como serviço) terão um crescimento de 26,6%. Ainda de acordo com a pesquisa, o aumento no consumo de PaaS se deve pela necessidade dos trabalhadores em teletrabalho terem acesso a uma infraestrutura de alto desempenho, rica em conteúdo e escalável para realizar as suas funções, principalmente na forma de aplicações nativas de cloud modernizadas .

4 – Nuvem Pública

Conforme aumentam os investimentos em mobilidade, colaboração e demais tecnologias necessárias para o trabalho remoto, o mercado vai crescendo. Espera-se que esse crescimento seja ainda mais expressivo em 2021, visto que os provedores de cloud computing devem buscar novas parcerias para expandir seu alcance em um mundo pós-pandemia.

5 – Diversão Segura

Todo o lazer sofreu duros impactos com a pandemia de covid-19. Agora, espera-se que o Cloud Computing colabore para a criação de atividades coletivas, mesmo à distância dentro das mais diversas naturezas. Isso colabora não apenas para o crescimento das empresas, mas também para a restauração de alguma noção da “vida normal” que tanto esperamos.